fbpx

Rimas na alfabetização: conheça os benefícios

A infância é marcada por grandes descobertas e uma delas é a alfabetização. Por meio da escrita e da leitura, as crianças passam a explorar um mundo até então desconhecido por elas.   

Esse processo pode acontecer com o apoio de métodos lúdicos que envolvem músicas, poemas e as rimas. Para estimular a fase de alfabetização, esses métodos são utilizados por muitos terapeutas e profissionais da educação, e apresentam resultados positivos na aprendizagem e desenvolvimento cognitivo

Este artigo publicado em 2014 pela Frontiers in Psychology afirma que as rimas podem ser especialmente facilitadoras para a aprendizagem do vocabulário por causa da maneira como elas podem apoiar previsões ativas sobre as palavras que se seguem.

Em dois experimentos, foram testadas se as rimas, quando usadas para ajudar as crianças a antecipar novas palavras, tornaria essas palavras mais fáceis de aprender. As crianças as quais foram expostas as rimas mostraram maior aprendizado de novos nomes na condição de rima preditiva nas comparações entre as crianças que não o foram. 

A hipótese dos pesquisadores é que o desenvolvimento dessas palavras novas e sua previsibilidade incentiva um maior envolvimento com elas por parte da criança. Uma criança pode não ser capaz de prever o nome exato de um nova palavra na primeira leitura de uma história, mas quando o novo nome vier no final da estrofe, a criança pode ser mais capaz de antecipar que algo está chegando, que vai soar como as terminações das linhas anteriores da história ou música. Essa antecipação pode encorajar a atenção, estimulando o aprendizado. 

:: Leia também: Por que a leitura é tão importante? ::

Tudo no seu tempo e no seu jeito 

O processo de aprendizagem que envolve a alfabetização é muito subjetivo e cada criança tem o seu próprio ritmo nesse percurso.  

Conversamos com a fonoaudióloga Manuella Barcelos, que atua no Núcleo Desenvolver do Hospital Universitário da UFSC desde 2010 e trabalha com uma equipe interdisciplinar de atendimento a crianças com queixas de dificuldade de aprendizagem sobre estes processos. 

Segundo ela, alfabetizar, ou seja, aprender a ler e a escrever, envolve dois processamentos cerebrais que a criança já tem bem desenvolvido antes mesmo de entrar na escola. Uma delas é a parte da linguagem, em que a criança já traz recursos e bagagem de casa; e o outro é o processamento visual.

A escola faz uma conexão entre essas duas áreas, apresentando esse novo universo das letras. Quando a criança aprende com base nessa questão, é essencial pensar que existe uma forma de ensinar que é a mais adequada para ela, que promove a alfabetização de uma maneira mais fácil e, nesse sentido, as rimas são ótimas aliadas

A consciência fonológica na alfabetização

“Consciência fonológica acontece quando a criança passa a manipular os sons da fala de forma consciente. Ela vai saber que a nossa fala pode ser dividida em unidades menores que são as palavras, em unidades ainda menores que são as sílabas, e unidades bem pequenas, que são os fonemas. Para a alfabetização acontecer, é importante que a criança aprenda esses pré-requisitos, e por meio de um método fônico é possível que ela alcance a alfabetização com mais facilidade”, relata a fonoaudióloga. 

Manuella utiliza as rimas no processo de alfabetização com as crianças que ela trabalha.  “O processo de alfabetização envolve a consciência fonológica. Dentro da consciência fonológica existe a rima, um dos primeiros sinais dessa consciência, que é quando a criança começa a perceber o final igual das palavras de mesma tonicidade. Além da rima existe a aliteração e, por meio dela, a criança percebe que o começo também pode ser igual, por exemplo: cobra e copo”, conta.

A rima é um dos primeiros sinais de consciência fonológica e vemos isso desde a educação infantil. O seu uso é muito importante. Eu utilizo no meu trabalho, principalmente com crianças que possuem dificuldade de aprendizagem e transtornos de aprendizagem como dislexia, ortografia ou crianças que tenham transtorno do processamento auditivo. Ela é fantástica no processo de alfabetização. É preciso estimularmos a consciência fonológica, mas é mais importante ainda estimularmos isso na educação infantil, antes mesmo de começar a alfabetização propriamente dita”, explica.  

As rimas como instrumento do desenvolvimento de habilidades

A pesquisadora canadense Ginger Muller desenvolveu trabalhos durante 20 anos usando rimas e canções em diversos programas de educação infantil em Vancouver, no Canadá. 

No seu trabalho, ela contextualiza rimas específicas dentro de domínios definidos pelo Instrumento de Desenvolvimento Inicial: saúde física e bem-estar, linguagem e desenvolvimento cognitivo, habilidades de comunicação e conhecimentos gerais, competência social e maturidade emocional. Dessa maneira, ela mostra como as rimas podem ser praticadas de forma eficaz com crianças de diferentes idades e os seus benefícios para essas habilidades

Neste artigo ela mostra que as crianças aprendem bem em ambientes ricos em linguagem, alegria e diversão. Ginger apresenta canções que podem auxiliar no desenvolvimento dessas habilidades, “rimas e canções infantis centenárias, testadas e comprovadas, apoiam o desenvolvimento geral das crianças em termos de significado e formas envolventes”, escreve. 

Utilizar as rimas com as crianças, além de auxiliar no processo da alfabetização, também as aproximam da cultura nacional. Há diversas rimas que contam com elementos da cultura dos estados brasileiros, regiões e também histórias sobre o folclore. Esse contato vai ser enriquecedor para as crianças em diversos sentidos!

Por Débora Nazário

Nota da Editora: Truth and Tales e as rimas

Uma dica muito legal para crianças em fase de alfabetização é o Truth and Tales, o nosso aplicativo original!

Truth and Tales é um app para crianças de 5 a 11 anos com histórias interativas e audiobooks. Todos os contos são rimados, tanto na versão interativa quanto só para ouvir as histórias. Sabendo desse benefício, fizemos questão de adotar as rimas nas histórias do app.

Foram feitos testes com crianças mostrando a mesma história rimada e sem rimas. E foi comprovado: além dos benefícios, as crianças se interessaram mais pela versão rimada da história.

Além das rimas, o Truth and Tales também conta com fontes otimizadas para pessoas com dislexia, e com a ferramenta de read along, que funciona como um karaokê, onde as palavras ficam destacadas à medida que o narrador lê. Isso ajuda bastante na alfabetização. Experimente com as crianças!

FAQ Truth and Tales: o que muda com a assinatura

Olá! Se você chegou até este FAQ é porque provavelmente tem algumas dúvidas sobre o Truth and Tales e a assinatura. Organizamos aqui as principais perguntas pra te ajudar. Se a sua dúvida não se encontra por aqui, entra em contato com a gente que te respondemos rapidinho.

Os livros do Truth and Tales não eram de graça?

Não. O app Truth and Tales sempre foi grátis, mas os seus conteúdos nele sempre foram premium, ou seja, que você precisa pagar para acessá-los.

Com o início da pandemia, disponibilizamos um conto grátis no app como forma de incentivo à leitura e como uma alternativa de conteúdo de qualidade para as crianças em meio ao distanciamento social.

Essa medida foi promocional de um único conto, já que os outros dois estavam à venda. 

Agora tenho que pagar pelo Truth and Tales?

Todos os conteúdos do Truth and Tales são pagos. Para fazer download do Truth and Tales continua grátis, mas para acessar os conteúdos é preciso fazer a assinatura de um dos pacotes disponíveis. Hoje existem dois tipos de pacotes: o mensal e o anual. 

Como funciona a assinatura? 

Você pode escolher entre a assinatura mensal e a anual. Elas disponibilizam os conteúdos do app durante o tempo que você escolheu assinar.

Se você escolheu a assinatura mensal, você paga o mês e tem disponível os conteúdos do app durante um mês a partir do dia que você assinou.

O plano anual segue o mesmo princípio do mensal, mas para um ano a partir do momento que você assinou. 

Como funciona o plano mensal?

Ao assinar o plano mensal, você paga para acessar os conteúdos do Truth and Tales durante um mês a partir da data da assinatura. A assinatura é renovada automaticamente, ou seja, caso você não queira mais, é preciso cancelar a assinatura.

Você pode cancelar a assinatura quando quiser, mas vale lembrar que a cobrança não é parcial, ou seja, se o mês da assinatura virou, você será cobrado pelo mês inteiro mesmo se cancelar uma semana depois. 

Como funciona o plano anual? 

Ao assinar o plano anual, você paga para acessar os conteúdos do Truth and Tales durante um ano a partir da data da assinatura. O plano anual sai mais em conta se você colocar na ponta do lápis: tem um desconto equivalente a duas parcelas do plano mensal.

A assinatura é renovada automaticamente, ou seja, caso você não queira mais, é preciso cancelar a assinatura. Se você cancelar o plano anual antes do prazo de um ano, você continuará pagando as parcelas do valor do pacote.

Comprei os contos antes de virar assinatura. Vou perder os livros?

Quem comprou os contos antes de ser assinatura, fique tranquilo, você não vai perdê-los! Os contos que você comprou ficarão disponíveis normalmente caso você não assine algum plano.

Mas atenção: apenas os contos que você comprou ficarão disponíveis. Os contos que você não adquiriu ou outros conteúdos novos ficarão travados caso você não assine algum plano. Se você lia apenas o conto que estava gratuito, ele não estará mais disponível de graça na assinatura.

Se o seu dispositivo for iOS, é necessário que você “restaure a compra” para que o livro comprado anteriormente fique disponível de novo. 

Como eu faço para resgatar o conto que eu já havia comprado antes do Truth and Tales virar assinatura?

Se o seu dispositivo for iOS, é necessário que você “restaure a compra” para que ele fique disponível novamente. Para isso, abra o Truth and Tales e vá no ícone da bolinha, que fica no canto superior direito da tela. Passando pelo controle parental você chega na área dos pais. Chegando lá, clique nas configurações, que fica no canto superior direito. A última opção é “RESTAURAR COMPRAS”.

Eu já tinha o Truth and Tales antes de ser assinatura. Eu não ganho nada com isso?

Sim, você ganha um mega desconto no plano anual! Uhul!

Como eu faço para cancelar a assinatura?

O cancelamento de assinatura é tratado direto com a Apple App Store ou com a Google Play Store.

Esqueci minha senha, e agora?

Para recuperar a senha da conta do Truth and Tales, você precisa ir na Área dos Pais. A Área dos Pais fica no canto superior direito do app, onde parecem duas bolinhas.

Ao clicar ali, você precisa colocar o ano que você nasceu, que é o controle parental. Quando estiver dentro da Área dos Pais, você clica na engrenagem que fica no canto superior direito da tela. Uma janela com várias opções abrirá, e você vai clicar no último botão, que é “Gerenciar conta”.

Lá terão as informações do plano de assinatura e de conta. Se você já tiver cadastro, clique em “Login”. Ao abrir a tela de Login, clique em “Esqueceu sua senha?”. Aí você digita seu e-mail quando o app pedir e logo depois você receberá um e-mail nosso para redefinir sua senha por lá. 

Se você quer só mudar de senha, o caminho é o mesmo. Se você já estiver logado, aí é só clicar em  “redefinir”, digitar seu e-mail quando o app pedir e esperar o nosso e-mail de redefinição de senha chegar.

O que acontece se eu cancelar minha assinatura antes de terminar o mês?

A cobrança é feita logo que assina o plano, ou seja, no início do mês, então você será cobrado pelo mês inteiro mesmo se você cancelar a sua assinatura antes de terminar o mês.

Mas não se preocupe: mesmo que você cancele a assinatura, os conteúdos continuarão liberados até que o mês complete.

 

Se você tiver alguma outra dúvida que não falamos por aqui, pode ficar à vontade para entrar em contato e nos perguntar!

Por que o Truth and Tales ganhou selo de ouro do Mom’s Choice Awards?

Temos o orgulho de anunciar que o Truth and Tales ganhou o selo de ouro no Mom’s Choice Awards!

O Mom’s Choice Awards é uma plataforma que avalia produtos e serviços desenvolvidos para crianças, famílias e educadores. O Mom’s Choice Awards é reconhecido por estabelecer um referencial de excelência em mídia, produtos e serviços voltados para a família. O Mom’s Choice Awards é um programa dos Estados Unidos, mas já avaliou milhares de itens em mais de 55 países.

Os itens são avaliados pelo Mom’s Choice Awards na qualidade de produção, design, valor educacional, valor de entretenimento, originalidade, apelo e custo. Os avaliadores do Mom’s Choice Awards são interessados nos itens que promovem o bem, que são inspiradores, e que auxiliam famílias a crescer emocionalmente, fisicamente e espiritualmente.

Para que o Truth and Tales fosse avaliado como selo de ouro do Mom’s Choice Awards, o app cumpriu com todos os requisitos citados com excelência, mas podemos citar alguns dos destaques.

Quais os diferenciais do Truth and Tales?

O tipo de história

Podemos começar com a qualidade dos livros: a curadoria do Truth and Tales é feita por neurocientistas, médicos e profissionais da educação que participam de congressos e eventos, estando em constante atualização.

Por isso as teaching stories foram selecionadas para o Truth and Tales. Elas contêm importantes elementos que não só ajudam as crianças na alfabetização e no contato com a leitura, mas também auxiliam no crescimento da criança como ser humano consciente.

O Truth and Tales atua no desenvolvimento cognitivo, no equilíbrio emocional com o reconhecimento das emoções, nas habilidades de negociação, além de trabalhar atributos como empatia e percepção.

A narrativa

A narrativa foi pensada para que a criança fosse surpreendida pelos personagens. O vilão que não é malvado, o “erro” que não deu errado, e os adultos que não sabem tudo. Com tantas histórias que trazem essa dicotomia vilão/mocinho, errado/certo, adultos que sabem de tudo/crianças que não sabem nada, os pequenos leitores vão relacionando isso com o que acontece na vida e tomando como verdade. E nosso norte é o equilíbrio, não a polarização.

A sutileza em seus diferentes graus também é um fator importante no Truth and Tales. Os contos são profundos e a percepção vem em ondas – de forma gradual e aos poucos. A criança que leu os contos aos 5 anos terá uma experiência diferente de quando leu depois aos oito, percepções diferentes. As fichas caem aos poucos e de forma bem específica e pessoal de cada pessoa. A necessidade de cada um é muito diferente, e as teaching stories atuam de acordo com elas.

Por dentro do Truth and Tales

O design é, sem dúvidas um ponto forte do Truth and Tales. Além de deslumbrante, foi pensado para uma leitura calma e tranquila, com cores que não super excitam o cérebro das crianças. Tudo isso somado às animações e interações que proporcionam uma experiência rica e divertida.

As mecânicas de jogo também foram muito bem pensadas. Fizemos um livro interativo, onde a criança tem o privilégio de explorar os personagens e o cenário. No começo de cada livro, ensinamos à criança como funciona essa interação de forma que ela nem percebe, e a partir daí, é uma surpresa a cada toque diferente nos cenários do livro. Dar liberdade para que as crianças parem, apreciem, busquem detalhes e coloquem atenção no que estão utilizando foi algo que fizemos questão de trazer para o Truth and Tales.

O Truth and Tales também conta com fonte otimizada para dislexia em todo o app. A ferramenta de karaokê também ajuda com a leitura das crianças que estão em fase de alfabetização. Enquanto a narradora conta a história, as frases aparecem no canto inferior do aplicativo, ficando amarelas quando as palavras são lidas.

Truth and Tales foi concebido e produzido com base nos estudos e pesquisas mais atualizados em relação a games e crianças. O app não foi feito para que as crianças não larguem o celular, afinal, não é recomendado que crianças entre 5 e 7 anos fiquem mais de 1 hora por dia expostas às telas, e entre 8 a 10, 1h30.